MEDICINA

OncoDNA colabora com a European Cancer Patient Coalition

A OncoDNA, empresa de tecnologia em saúde que está a tornar a medicina de precisão uma realidade, anunciou que assinou um acordo de colaboração com a European Cancer Patient Coalition (ECPC) dando o seu apoio ao projeto de consciencialização da Medicina Personalizada.

OncoDNA colabora com a European Cancer Patient Coalition

A ECPC é a principal organização “umbrela” de doentes oncológicos na Europa, tendo o papel central de trazer as necessidades não atendidas dos doentes com cancro para debate em relação às diversas políticas, cuidados e pesquisa oncológica.

Uma investigação conjunta com o doente, divulgada em 2016, mostrou que havia uma consciência geral muito baixa sobre os testes moleculares e biomarcadores do cancro, e o ECPC respondeu ao desempenhar um papel forte e proeminente na educação do doente, incluindo o lançamento do primeiro Mês de Consciencialização para a Medicina Personalizada 2020, em novembro.

Com a sua doação e envolvimento, a OncoDNA confirma o seu forte compromisso com os doentes com cancro e com a educação da comunidade oncológica e reforça a sua vontade de aumentar o acesso à medicina personalizada independente em oncologia na Europa.

“Estamos orgulhosos em apoiar a voz unificada dos doentes com cancro em toda a Europa, colaborando com o ECPC. A OncoDNA investiu em oncologia de precisão e desenvolveu testes moleculares tumorais exclusivos e abrangentes, incluindo software de interpretação para apoiar oncologistas e patologistas. Como resultado, os laboratórios podem oferecer uma abordagem terapêutica altamente personalizada para o cancro.

Na OncoDNA, acreditamos que todos os cidadãos europeus têm o direito de aceder às melhores ferramentas de gestão oncológica, independentemente da situação socioeconómica. Esta colaboração com o ECPC demonstra a firme intenção da OncoDNA de dedicar tempo e recursos na educação dos doentes com cancro”, disse Myriam Guiral, diretora comercial da OncoDNA.

Antonella Cardone, diretora da ECPC, acrescentou que “os testes moleculares permitem que um médico personalize o tratamento oncológico, identificando a terapia certa para o doente certo no momento certo. Em alguns países, o teste molecular não é reembolsado ou está disponível para todas as pessoas com cancro. Além disso, muitas pessoas nem conhecem essa possibilidade”.

“Agora estamos a conduzir uma investigação sobre o teste de biomarcador para aprender sobre o conhecimento e experiência de doentes com cancro e sobreviventes de cancro com teste de biomarcador ou sem teste, e os resultados provisórios não são encorajadores. E isso tem de mudar. É por isso que no ECPC queremos aumentar a consciencialização sobre a importância do acesso aos testes moleculares oncológicos, especificamente durante o Mês da Consciencialização da Medicina Personalizada em novembro. Acreditamos que os doentes devem ser informados sobre todas as opções de tratamento disponíveis e ter autonomia para tomar as melhores decisões para a sua própria saúde”, concluiu.

Fonte: OncoDNA

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS