HOSPITAL

Acordo entre CHUSJ e Hospital Militar vai reduzir listas de espera

O Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) e o Hospital das Forças Armadas (HFA) do Porto celebraram um protocolo que permite que os utentes do CHUSJ, com tempo de espera mais longo, sejam operados no HFA. O objetivo é facilitar o acesso a intervenções cirúrgicas programadas.

Acordo entre CHUSJ e Hospital Militar vai reduzir listas de espera

De acordo com Elisabete Barbosa, diretora do Serviço de Cirurgia Geral do CHUSJ, “este projeto pioneiro tem como objetivo rentabilizar as estruturas públicas, numa parceria pioneira. Estamos a proceder ao envio de utentes de forma faseada. Alguns já foram operados, outros têm cirurgia agendada, outros estão a fazer o pré-operatório, consultas, entre outros”.

A reserva estratégica do HFA já tinha sido acionada devido a surtos associados ao novo coronavírus, mas a missão deste hospital, como descreve António Moura, Subdiretor do polo do Porto do HFA, normalmente associado à família militar e a forças policiais, levou-o a propor a hospitais vizinhos outros modos de apoio.

Em termos de procedimento, o CHUSJ avalia os doentes cuja espera por cirurgia é mais longa e orienta-os, após consentimento destes, para o HFA. As duas unidades de saúde trabalham em estreita colaboração para que a experiência dos utentes seja a melhor possível, mantendo o nível de excelência assistencial.

As cirurgias em causa pertencem a especialidades como cirurgia geral, vascular, plástica, ortopedia, otorrino, oftalmologia e urologia.

Fonte: SNS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS