ALIMENTAÇÃO

Menor volume gástrico pode reduzir ingestão de calorias

Uma nova pesquisa sugere que a capacidade de armazenamento de alimento do estômago em pessoas obesas muda para acomodar diferentes situações alimentares, o que tem efeito sobre a sensação de saciedade e a necessidade de comer em excesso.

Menor volume gástrico pode reduzir ingestão de calorias

Publicado no American Journal of Physiology-Gastrointestinal and Liver Physiology, o estudo analisou um grupo de participantes obesos, mas saudáveis, durante o jejum, após terem ingerido um suplemento nutricional líquido e depois de terem consumido uma refeição buffet.

Os voluntários foram instruídos a ingerir o suplemento nutricional a cada um minuto e a avaliarem a sua sensação de saciedade a cada cinco minutos.

Quando os participantes alcançavam o estado de “saciedade máxima”, interrompiam a ingestão da bebida. Cerca de quatro horas depois, os voluntários foram convidados a ingerir o quanto quisessem de um buffet rico em hidratos de carbono, durante um período de 30 minutos.

A equipa de pesquisa mediu o desejo dos voluntários de continuarem a consumir alimentos através do número de calorias consumidas e de um questionário.

Os resultados mostraram que um menor volume gástrico em jejum tem o potencial de reduzir a ingestão de calorias.

Para além disso, os cientistas também avaliaram a capacidade dos participantes de controlar a ânsia de ingerir comida e descobriram que um maior controlo correspondia a um maior nível de acomodação gástrica, ou volume do estômago, durante uma refeição padrão.

A refeição, neste caso, consistia em ingerir suplemento nutricional. No entanto, os comportamentos alimentares na refeição buffet não seguiram esse padrão.

Os investigadores descobriram que o aumento da ingestão de alimentos no buffet estava associado à redução da capacidade de controlar a vontade de comer, com base nas respostas do questionário.

No geral, os resultados sugerem que o tamanho do estômago durante o jejum e o controlo cerebral do comportamento alimentar após uma refeição são um conjunto de determinantes da ingestão de alimento.

Verificou-se que o cérebro controla parte do comportamento de comer e beber, mostrando que a vontade de ingerir comida é, por vezes, difícil de controlar, independentemente da sensação de saciedade.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS