TRATAMENTO

Adesivo inovador trata infeções resistentes a antibióticos

Cientistas da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, desenvolveram um adesivo inovador que permite que doentes recebam tratamentos para tratar feridas crónicas em casa. O estudo foi publicado na revista Frontiers in Bioengineering and Biotechnology.

Adesivo inovador trata infeções resistentes a antibióticos

O aumento de infeções resistentes a fármacos potenciou a ocorrência de complicações associadas a feridas, sendo que estas têm opções limitadas de tratamento.
 
Os investigadores criaram um tratamento inovador para matar as bactérias na superfície da ferida ou úlcera diabética e acelerar o processo de cura. Em causa está um adesivo de baixo custo e com componentes para este fornecer ozonoterapia aos doentes.
 
A ozonoterapia é uma opção de tratamento antimicrobiano em fase gasosa que está a ser utilizada por um número crescente de doentes nos Estados Unidos, sendo que, na maioria dos casos, os tratamentos com ozono exigem que os doentes se desloquem a um ambiente clínico para que o tratamento possa ser feito por técnicos treinados.
 
Os investigadores explicam que o adesivo respirável é aplicado à ferida e depois ligado a um pequeno dispositivo gerador de ozono alimentado por bateria.
 
O estudo mostrou que o gás de ozono é transportado para a superfície da pele no local da ferida e proporciona uma abordagem direcionada para a cura da ferida, tornando assim o adesivo num aparelho simples que pode ser usado em casa.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS