ANTIBACTERIANO

Urze: planta considerada cientificamente medicamento natural

A urze (Calluna vulgaris) – também conhecida como torga ou urze-branca – é uma pequena relíquia das plantas medicinais, um arbusto perene usado milenarmente como antisséptico, colerético, cicatrizante de feridas, expetorante e, mais recentemente, foi classificado como um medicamento natural para o tratamento do reumatismo e artrite.

Urze: planta considerada cientificamente medicamento natural
DOENÇA DE REIS

DOENÇAS E TRATAMENTOS

DOENÇA DE REIS

Uma ampla gama das propriedades medicinais da urze deve-se à diversidade e ao alto teor de substâncias biologicamente ativas presentes na planta, principalmente compostos fenólicos, que desempenham muitas funções diferentes.

Até hoje, a urze não constava, no entanto, da lista de plantas medicinais ou de medicamentos naturais. Agora, cientistas internacionais provaram cientificamente que a urze é uma matéria-prima medicinal à base de ervas eficaz e passível de uso clínico.

A investigadora Victoria Chepel e a sua equipa da Universidade Federal Immanuel Kant, na Rússia, identificaram o conteúdo dos compostos biologicamente ativos presentes nas folhas, caules, raízes, rizomas, flores e sementes da urze, bem como a atividade antioxidante e antibacteriana dos seus extratos contra as bactérias de E. coli e bacilo do feno.

“Normalmente, a urze é colhida para fins medicinais durante a fase de floração. Mas, no decorrer do nosso estudo, descobrimos que a quantidade máxima de flavonoides, os componentes de maior valor medicinal para planta, acumula-se em todos os órgãos da urze durante a fase em que está a brotar. Isso leva a uma recomendação para a colheita da urze pouco antes da floração”, explicou a investigadora.

“Além disso, constatámos que a fase em que a plantar está a brotar é o único estágio em que a atividade antibacteriana tem efeito contra bactérias E. coli e bacilo do feno”, afirmou Lyubov Skrypnik, coordenadora do estudo.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS