OUVIDO

COVID-19 pode provocar alterações na audição

Um número significativo de pacientes relatou uma perda na capacidade de audição quando questionados oito semanas após a alta hospitalar por COVID-19, segundo especialistas da Universidade de Manchester, no Reino Unido, num artigo publicado no International Journal of Audiology.

COVID-19 pode provocar alterações na audição
OTITES

DOENÇAS E TRATAMENTOS

OTITES

De acordo com o estudo, 121 dos adultos internados no Hospital Wythenshawe, parte do NHS Foundation Trust da Universidade de Manchester, participaram do estudo por telefone.

Quando questionados sobre mudanças na audição, 16 pessoas (13,2 por cento) relataram que a sua audição era pior. Oito pessoas relataram deterioração na audição e outras oito relataram zumbido (ruídos não causados por uma fonte externa).

De acordo com os cientistas, seria possível que, em teoria, a COVID-19 poderia causar problemas em partes do sistema auditivo, incluindo o ouvido médio ou a cóclea.

Problemas tais como, por exemplo, na neuropatia auditiva, um distúrbio auditivo em que a cóclea funciona, mas a transmissão ao longo do nervo auditivo para o cérebro está prejudicada.

Uma condição chamada síndrome de Guillain-Barré também está ligada à neuropatia auditiva, que também é conhecida por ter uma associação com o SARS CoV-2.

Os resultados adicionam um crescente corpo de evidências de que a cepa do coronavírus que causa a COVID-19, o SARS CoV-2, tem impactos a longo prazo na saúde e possivelmente na audição.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS