DIETA

Conheça alguns efeitos secundários da dieta cetogénica

O objetivo da dieta cetogénica é atingir a cetose, um estado em que o corpo metaboliza gorduras como combustível em vez de glicose. Para que isso aconteça, o corpo não deve ter níveis suficientes de glicose, uma vez que esta é a principal fonte de energia das células. Na ausência de glicose, o corpo começa a utilizar as reservas de gordura no fígado.

Conheça alguns efeitos secundários da dieta cetogénica

Como acontece com grande parte das dietas para perda de peso, a dieta cetogénica também tem desvantagens; uma das principais desvantagens deste regime alimentar é a chamada “gripe cetogénica”, que representa um conjunto de sintomas experimentados por pessoas que iniciam esta dieta.

As pessoas desenvolvem “gripe cetogénica” como consequência da adaptação do corpo a uma quantidade significativamente menor de hidratos de carbono consumidos; os sintomas da “gripe cetogénica” são bastante semelhantes aos da gripe comum, e incluem náuseas e vómitos, prisão de ventre, dor de cabeça, fadiga e fraqueza.

Geralmente, duram cerca de uma semana ou até que o corpo se adapte completamente à falta de hidratos de carbono.

Outra das desvantagens de adotar uma dieta cetogénica é a alta probabilidade de se desenvolver uma deficiência de nutrientes; seguir uma dieta cetogénica envolve limitar os tipos de alimentos consumidos, pelo que as pessoas deixarão de ingerir alguns alimentos e nutrientes.

A fibra, por exemplo, raramente é encontrada em produtos de origem animal que as pessoas que seguem uma dieta cetogénica podem consumir.

Fonte: Food News

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS