SNS

Governo investe quase 37 milhões de euros na linha SNS 24

O Governo vai investir 36,7 milhões de euros no Centro de Contacto do SNS 24 para manter a dimensão e capacidade de atendimento conseguida durante a pandemia, afirmou a secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, durante a visita a este centro de contacto.

Governo investe quase 37 milhões de euros na linha SNS 24

Acompanhada pelo presidente dos SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, Luís Goes Pinheiro, Jamila Madeira afirmou que este contrato, que vigorará pelos próximos três anos, representa “um reforço de dez milhões de euros face ao valor do anterior”.

Este investimento vai permitir contratualizar novos serviços, tais como ferramentas de inteligência artificial, melhorias na infraestrutura tecnológica, desenvolvimento de novos serviços e modernização dos canais de interação com o utente, maior integração e interoperabilidade de serviços e de sistemas de informação, aumento de teleconsultas e da resposta às necessidades do cidadão.

Jamila Madeira aproveitou a ocasião para recordar que os serviços prestados pelo SNS 24 “são uma mais valia para a população portuguesa” e que este ano o centro de contacto “já deu resposta a um total de 1 494,928 chamadas”.

A governante lembrou que, durante a pandemia, houve uma enorme capacidade de adaptação e agilização da linha SNS 24, “que mostram bem o talento, esforço e dedicação dos nossos profissionais de saúde a quem pude agradecer novamente hoje”.

Jamila Madeira precisou que numa semana, durante a pandemia, a capacidade de atendimento de chamadas em simultâneo aumentou de 200 para 2000.

“Foi o maior esforço tecnológico que alguma plataforma passou no nosso país. Em uma semana, em plena atividade, sem paragens, mantendo um nível de resposta adequado aos utentes. O que se estabiliza é esse esforço tecnológico e a sua manutenção”, referiu a governante, salientando que a capacidade ganha não foi “um pico”, mas que será para manter.
A secretária de Estado afirmou que “não há paralelo” com a linha SNS 24 na União Europeia, onde outros países que tiveram “mecanismos deste género para apoiar [o combate] à pandemia usaram múltiplos canais para múltiplas respostas” que em Portugal se conseguiram com apenas um canal.

“Nunca como hoje os portugueses conheceram tão bem a linha SNS 24 como uma marca de confiança, onde vamos continuar a investir”, declarou Jamila Madeira, afirmando que “se há certeza que esta pandemia já nos trouxe é o papel estruturante que o Serviço Nacional de Saúde, de qualidade e para todos, tem. E o SNS 24 é parte integrante do SNS”.

Fonte: SNS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS