DIETA

Dieta mediterrânica pode reduzir risco de cancro

O cancro é a segunda principal causa de morte no mundo; de acordo com relatórios da Organização Mundial de Saúde (OMS), uma em cada seis mortes é devida ao cancro.

Dieta mediterrânica pode reduzir risco de cancro

Segundo especialistas, aderir a uma dieta mediterrânica pode ser um bom ponto de partida para reduzir o risco de desenvolver uma doença oncológica.

Este tipo de regime alimentar privilegia o consumo de frutas, feijões, legumes, verduras e grãos. Estes alimentos são ricos em nutrientes e em compostos capazes de fortalecer as células imunitárias, combater a inflamação e proteger outras células dos danos causados ​​por substâncias e alimentos que causam cancro.
Vários estudos sobre diferentes tipos de cancro atestam os aparentes benefícios à saúde da adoção de uma dieta mediterrânica; por exemplo, algumas pesquisas descobriram que uma adesão mais restrita a uma dieta mediterrânica está associada a um risco reduzido de cancro da mama.

O mesmo aconteceu em estudos que analisaram os efeitos de uma dieta mediterrânica em casos de cancro colorretal.

Por fim, cientistas também descobriram que uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos, peixe e quantidades mínimas de carne vermelha e açúcar está associada a uma maior probabilidade de pacientes com cancro sobreviverem à doença.

Fonte: Food News

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS