DIAGNÓSTICO

COVID-19: FARM-ID recebe 25 mil euros para realização de testes

A FARM-ID - Associação da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL) para a Investigação e Desenvolvimento recebeu um apoio financeiro de 25 mil euros da Novartis, o que irá permitir aumentar a resposta de Portugal ao rastreio do novo coronavírus, fundamental para o gradual desconfinamento social.

COVID-19: FARM-ID recebe 25 mil euros para realização de testes

Com esta iniciativa, a Novartis reforça o seu contributo na luta contra a COVID-19 em Portugal, com o objetivo de reforçar a capacidade de deteção e rastreio do vírus, numa altura em que o aumento do número de testes é fundamental para reforçar a segurança nesta fase de desconfinamento social gradual.

A FARM-ID, em colaboração com o departamento de Microbiologia e Imunologia da FFUL, está a disponibilizar às instituições de saúde os seus recursos técnicos e científicos para contribuir para o diagnóstico da COVID-19, mediante o rastreio do vírus SARS-CoV-2. Esta competência foi reconhecida pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) e pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

A contribuição da Novartis na luta contra a COVID-19 em Portugal tem-se centrado em garantir que os esforços e recursos disponíveis contribuem para dar resposta às reais necessidades sentidas no terreno, quer no reforço das infraestruturas de saúde, quer na proteção dos profissionais de saúde que se encontram mais expostos e que são essenciais para cuidarem não só dos doentes de COVID-19, mas de todos os outros.

No total, a Novartis já doou 375 mil euros para o combate à pandemia em Portugal. Apoios estes que se enquadram no ‘COVID-19 Response Fund’, um fundo internacional criado pela empresa para apoiar as comunidades mais afetadas, no valor de 20 milhões de dólares.

Para além desde donativo à FARM-ID, a Novartis aliou-se, com um donativo de 215 mil euros, à plataforma ‘Todos por quem cuida’ http://www.ordemdosmedicos.pt/todosporquemcuida, uma iniciativa conjunta entre a APIFARMA, a Ordem dos Médicos e a Ordem dos Farmacêuticos, que pretende assegurar que todos os profissionais de saúde têm acesso aos equipamentos e dispositivos necessários para proporcionar os melhores cuidados a todos os doentes para combate à COVID-19; e ao Movimento tech4COVID https://tech4covid19.org/, com um donativo de 135 mil euros para comprar material de proteção individual para profissionais de saúde para apoiar as instituições da saúde, os seus profissionais e os doentes.

Fonte: FARM-ID - Associação da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa (FFUL) para a Investigação e Desenvolvimento

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS