IMUNOTERAPIA

Vacina contra o cancro mais próxima da realidade

Segundo a professora Kristen Radford, da Universidade Queensland, a vacina tem potencial para tratar vários tipos de cancro no sangue e tumores de maior incidência, incluindo cancro da mama.

Vacina contra o cancro mais próxima da realidade

“A nossa nova vacina é composta por anticorpos humanos fundidos com proteínas específicas de tumores, e estamos a investigar a sua capacidade de atingir células humanas enquanto ativamos a memória das células tumorais. Esperamos que esta vacina possa ser usada para tratar cancros do sangue, como leucemia mieloide, linfoma não-Hodgkin, mieloma múltiplo e leucemias pediátricas, além de malignidades sólidas, incluindo cancro da mama, pulmão, rim, ovário, pancreático e glioblastoma”, afirmou Radford.

A equipa avançou que a vacina apresentou várias vantagens importantes em relação a outras imunizações contra o cancro em desenvolvimento, e já mostrou ser promissora nos primeiros ensaios clínicos.

“Primeiro, pode ser fabricada como uma formulação de grau clínico pronta para uso, o que contorna os problemas financeiros e logísticos associados às vacinas específicas para os pacientes. Em segundo lugar, este protótipo de vacina tem como alvo as principais células tumorais necessárias para o início de respostas imunológicas específicas do tumor, maximizando a eficácia potencial do tratamento, ao mesmo tempo que minimiza os possíveis efeitos colaterais”, acrescentou ainda o investigador.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS