SISTEMA-IMUNITÁRIO

Consumo de maçãs associado a funções imunitárias melhoradas

Como parte de uma dieta saudável, as maçãs podem ajudar a proteger contra uma série de condições graves, incluindo doenças cardiovasculares e cancro.

Consumo de maçãs associado a funções imunitárias melhoradas

Estudos já realizados descobriram que as maçãs são ricas em nutrientes essenciais e compostos vegetais potentes, daí que o seu consumo seja o responsável por oferecer vários benefícios à saúde.

As maçãs vermelhas, por exemplo, são uma ótima fonte de um composto vegetal chamado quercetina. Além do seu papel no combate à inflamação e aos radicais livres nocivos, estudos também descobriram que a quercetina tem efeitos anti-histamínicos naturais. Para além disso, este composto também é capaz de combater patogénicos que podem dar origem a infeções e doenças.

Outro dos benefícios do consumo de maçãs é que este permite uma digestão mais suave. A pectina, uma fibra solúvel exclusivamente encontrada em frutas, amolece as fezes e ajuda a sua movimentação pelo trato gastrointestinal. O ácido málico presente nas maçãs também ajuda na digestão e absorção de nutrientes.

Além disso, estudos recentes descobriram que as maçãs contêm milhões de bactérias benéficas que ajudam a manter a saúde intestinal ideal.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS