IDOSO

Residências do Grupo Orpea retomam visitas de familiares

Depois de implementadas medidas adicionais de resposta ao surto de COVID-19 e não tendo registado contágios à data nas residências do grupo em Portugal, desde o dia 18 de maio, seguindo todas as medidas estabelecidas pelo Governo e pela Direcção-Geral da Saúde, as Residências ORPEA criaram condições para os seus residentes começarem a receber visitas dos seus familiares.

Residências do Grupo Orpea retomam visitas de familiares

Como forma de reforçar a segurança dos residentes, têm vindo a ser realizados testes serológicos, complementares aos testes feitos até à data e adicionalmente períodos de confinamento voluntário realizado pelas equipas de cada residência.

Realizadas estas medidas de segurança adicionais, as Residências ORPEA iniciam agora uma diminuição do confinamento e um retorno prudente à normalidade e às rotinas diárias dos residentes com uma gestão rigorosa do regresso aos encontros entre residentes e familiares.

As visitas serão realizadas uma vez por semana, mediante marcação prévia, de forma a garantir a utilização adequada do espaço que lhe está alocado e a respetiva higienização entre visitas. Terão a duração de 30 minutos e serão limitadas a um familiar por visita.

É obrigatório o uso de equipamento de proteção individual (EPI) e o cumprimento de todas as medidas de distanciamento físico e higienização das mãos. As visitas serão realizadas num local definido por cada residência e os familiares apenas terão acesso a este espaço.

O grupo ORPEA mantém ainda todos os canais de comunicação que têm promovido o contacto entre residentes e familiares durante o isolamento: os tablets para a realização de chamadas de vídeo e a caixa de mensagens no site ORPEA.pt, para que qualquer membro da família ou amigo possa continuar a enviar mensagens para os residentes que são depois reencaminhadas para cada destinatário.

Desde o início do surto do COVID-19 que foi implementado um rigoroso sistema de vigilância, prevenção e controlo sanitário, de acordo com as indicações da Organização Mundial de Saúde e da Direção Geral de Saúde, para fazer frente à epidemia do coronavírus. Para isso, foram implementadas medidas preventivas de saúde e higiene focados nos residentes, famílias e trabalhadores.

Em todos os espaços da ORPEA Ibérica foram ainda ativadas medidas adicionais de proteção, para prevenir o contágio, como o isolamento total de equipas e residentes por residência, realizado de forma rotativa por períodos contínuos de 14 dias. Foram ainda estabelecidos circuitos de circulação diferenciados para trabalhadores e materiais, com o objetivo de prevenir e reduzir qualquer risco de contágio, entre outras medidas que têm vindo a ser divulgadas pelo Grupo ORPEA.

Em confinamento há vários meses e com várias atividades do dia a dia condicionadas pelas medidas de isolamento, o regresso prudente à normalidade, com todas as medidas de segurança implementadas, terá um enorme impacto na melhoria das capacidades físicas, cognitivas e emocionais de todos os residentes e respetivas famílias que veem a saúde e conforto dos seus familiares ser assegurada.

Fonte: Grupo Orpea

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS