DIAGNÓSTICO

Aparelho inovador analisa doenças nos rins ligadas à diabetes

Um microscópio capaz de avaliar com rapidez e precisão as feridas causadas pela diabetes foi desenvolvido por cientistas da Universidade de Georgetown, Estados Unidos, descreve um artigo publicado na revista Kidney International.

Aparelho inovador analisa doenças nos rins ligadas à diabetes

Os investigadores afirmam que a quantidade de cicatrizes nos rins danificados devido à diabetes ou as lesões agudas é um fator-chave para determinar o tratamento.
 
O microscópio avançado, denominado DIVER, utiliza uma abordagem por fases para a imagiologia fluorescente ao longo da vida. Os dispositivos funcionam em conjunto para examinar o tipo de moléculas que estão numa imagem da amostra de tecido captada pelo microscópio.
 
Este aparelho utiliza a fluorescência endógena emitida naturalmente pelas biomoléculas, medindo o tempo que as diferentes moléculas demoram a permanecer fluorescentes.
 
Os resultados são mapeados em pseudo-cor, com cada cor representando tipos e graus específicos de conteúdo molecular que revelam alterações na estrutura e biologia do órgão que se relacionam com a gravidade da doença.
 
Este estudo avaliou os tecidos congelados de biopsia renal humana de doentes com diabetes, sendo que os investigadores descobriram que o novo método reproduzia de perto os resultados obtidos através de análises patológicas.
 
Com o aperfeiçoamento do dispositivo, poderá ser possível utilizá-lo para avaliar o estado da doença em muitos órgãos, um processo que agora depende de uma análise patológica incómoda, afirmou Suman Ranjit, líder do estudo.

Fonte: News Medical

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS