VACINA

DGS apela à vacinação e reforça importância de vigiar a saúde

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, voltou a apelar, no âmbito do Dia Mundial da Criança, 1 de junho, para que os pais vacinem os filhos, utilizem as consultas de vigilância e realizem o teste do pezinho aos recém-nascidos.

DGS apela à vacinação e reforça importância de vigiar a saúde

O apelo foi feito na conferência de imprensa diária sobre a pandemia de COVID19, onde a responsável fez questão de reforçar que as crianças têm direito a “ter resposta às suas necessidades e de terem um desenvolvimento harmonioso e saudável”.  

“Queremos aqui deixar claro que tudo o que diz respeito ao universo das crianças deve manter-se na área da saúde, desde as consultas pré-concecionais, à gestação, à altura do parto, ao nascimento, à saúde infantil, ao teste do pezinho que é tão importante”, declarou. 

Mas o “grande apelo” é à vacinação: “não há nenhum motivo, neste momento, para que as crianças não tenham as suas vacinas atualizadas”. 

“A vacina evita muitas doenças, algumas delas graves, e, portanto, nesta altura a última coisa que nós queremos ter é surtos de outras doenças”, salientou a responsável, acompanhada pela secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira.

Graça Freitas assegurou ainda que os centros de saúde estão preparados para receber as crianças. “É preferível marcar, obviamente, para evitar filas e aglomerados, mas, tirando este pequeno conselho, tudo o resto está feito em segurança para as poder vacinar”.

O pedido de Graça Freitas estende-se à realização das consultas de vigilância da saúde das crianças e do teste do pezinho, porque “é um teste diagnóstico muito importante”.

Apesar de o mundo viver tempos de pandemia, a diretora-geral da Saúde afirma que as crianças têm “direito a brincar, têm direito a aprender, têm direito a divertir-se”, desde que seja em segurança.

Fonte: SNS

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS