OBESIDADE

COVID-19: obesidade pode ser fator de risco para hospitalização

Quando os pacientes com casos confirmados de COVID-19 começaram a chegar ao Hospital Johns Hopkins, nos Estados Unidos, os cientistas fizeram observações surpreendentes: primeiro, os pacientes eram mais jovens do que o esperado, à luz dos casos relatados na China e na Itália, segundo, muitos dos pacientes eram obesos.

COVID-19: obesidade pode ser fator de risco para hospitalização

Nas semanas seguintes, vários estudos e relatos apontaram a obesidade como um fator de risco notável para a COVID-19 - e frequentemente o principal fator de risco para pacientes mais jovens.

Assim, os cientistas reuniram descobertas preliminares e publicaram um artigo na revista The Lancet onde concluíram que, em populações com alta prevalência de obesidade, a COVID-19 afetaria as populações mais jovens.

Esse risco é particularmente relevante nos Estados Unidos, uma vez que a prevalência de obesidade é de cerca de 40 por cento, em comparação com uma prevalência de cerca de seis por cento na China e 20 por cento em Itália.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS