CONGRESSO

5.ª Conferência Bienal Europeia da Sigma em formato à distância

Perto de 280 congressistas de 28 países participam, esta quinta e sexta-feira, dias 28 e 29 de maio, na 5.ª Conferência Bienal Europeia da Sigma (sociedade honorífica de enfermagem), que este ano é organizada pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), num formato à distância suscitado pelo contexto de pandemia por coronavírus e pela inerente necessidade de distanciamento social.

5.ª Conferência Bienal Europeia da Sigma em formato à distância

E as lições a retirar sobre o impacto deste surto epidémico são, de resto, um dos temas em discussão nesta conferência internacional com participantes dos cinco continentes.

No primeiro dia (12h15), Walter de Caro, presidente da Associação Italiana de Enfermagem, falará, via plataforma Zoom, sobre “COVID-19: Lições aprendidas e experiências partilhadas pela Itália”, título da conferência que vai proferir. Isto logo após a cerimónia de abertura do evento, marcada para as 11h30, com as presenças de Aida Cruz Mendes (presidente da ESEnfC), Lurdes Lomba (presidente do Capítulo Phi Xi) e Marie-Louise Luiking (atual coordenadora regional europeia da Sigma).

Também Jason Farley (Johns Hopkins School of Nursing) dissertará, já no dia seguinte (15h10), sobre a mesma realidade, mas vivida nos Estados Unidos da América.

“A inovação, a influência e o impacto da enfermagem na saúde global: um olhar para o passado, avançando para o futuro” é o tema da quinta edição desta conferência europeia, que se realiza desde 2012: nesse ano em Cardiff e depois em Gotemburgo (2014), Utreque (2016) e Cambridge (2018).

Organizada pelo Capítulo Phi Xi da Sigma, que foi constituído na ESEnfC em setembro de 2011, esta iniciativa visa “facilitar a partilha do conhecimento resultante de investigações mais recentes, de inovações e desenvolvimentos atuais no contexto da enfermagem e cuidados de saúde a nível local, nacional e internacional”, afirma a organização.

Os responsáveis pelo evento referem também que “as conferências [europeias da Sigma] têm evoluído e atraído enfermeiros de todo o mundo, proporcionando uma excelente oportunidade para socializar e desenvolver colaborações internacionais, tanto em investigação como em educação”.

Ainda no primeiro dia do evento, intervirá, às 13h15, a professora da ESEnfC Ananda Fernandes, que falará sobre “Enfermeiros/as na Europa: recurso vital para a cobertura universal de saúde”.

No segundo dia, o programa da conferência compreende, entre outras, apresentações pelos vencedores dos Prémios da Sigma Europa de Excelência 2020 (nas categorias de Educação em Enfermagem, Prática Clínica em Enfermagem e Investigação em Enfermagem), que serão conhecidos na véspera.

Destaques, ainda, para a conferência “Inovação em Enfermagem: Necessidade ou oportunidade?” (às 13h25, pelo professor da ESEnfC, Pedro Parreira) e para uma das palestras principais da conferência, intitulada “Call to Action for Nurses during Covid-19 and the Year of the Nurse & Midwife”, a apresentar pelo presidente do Conselho Internacional de Enfermeiros, Howard Catton.

Mais informações sobre a 5.ª Conferência Bienal Europeia da Sigma podem ser consultadas em https://sigma.esenfc.pt/.

Fonte: ESEnfC

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS