MÚSCULO

Micoproteínas geram mais músculos do que proteína de leite

Um estudo da Universidade de Exeter, no Reino Unido, descobriu que a micoproteína, uma proteína fúngica derivada do fungo Fusarium venenatum e encontrada em produtos Quorn, estimula mais a construção muscular pós-exercício do que a proteína do leite.

Micoproteínas geram mais músculos do que proteína de leite

Os resultados, publicados no American Journal of Clinical Nutrition, mostraram que, enquanto os participantes que ingeriram proteína de leite aumentaram as suas taxas de crescimento muscular numa média de 60 por cento, aqueles que consumiram micoproteína aumentaram as suas taxas de crescimento muscular em mais do dobro desse valor, o que mostra que a micoproteína pode ser uma fonte mais eficaz de proteínas para promover o crescimento muscular.

O estudo avaliou a digestão de proteínas, o que permite que os níveis de aminoácidos aumentem na corrente sanguínea e depois se tornem disponíveis para a construção de proteínas musculares.

Este processo foi medido em 20 jovens saudáveis, que foram avaliados antes e após a prática de uma série de exercícios de resistência.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS