EXERCÍCIO

Prática de aeróbica pode auxiliar saúde cerebral

De acordo com um estudo publicado na revista Neurology, a prática de aeróbica, em qualquer idade, pode ser benéfica para a saúde cerebral.

Prática de aeróbica pode auxiliar saúde cerebral

O estudo sugere que adultos mais velhos podem ter melhor desempenho em determinados testes de pensamento e memória após apenas seis meses de exercício aeróbico.

Realizado pela Universidade de Calgary, no Canadá, o estudo envolveu 206 adultos que, antes de iniciar a intervenção do exercício de seis meses, praticavam não mais que quatro dias por semana de atividade de intensidade moderada por 30 minutos ou menos, ou não mais que dois dias por semana em alta intensidade por 20 minutos ou menos por dia.

Os participantes tinham uma idade média de 66 anos e nenhum histórico de problemas cardiovasculares ou de memória.

Os participantes receberam testes de pensamento e memória no início do estudo, além de serem sujeitos a uma ultrassonografia para medir o fluxo sanguíneo no cérebro.

O teste físico foi repetido em três meses, e o teste de pensamento e o teste físico foram repetidos no final dos seis meses.

Os participantes foram inscritos num programa de exercícios aeróbicos supervisionados, realizado três dias por semana.

À medida que progrediam no programa, aumentavam o treino de uma média de 20 minutos por dia para uma média de pelo menos 40 minutos. Além disso, as pessoas foram solicitadas a trabalhar sozinhas uma vez por semana.

Os cientistas descobriram que, após seis meses de exercício, os participantes melhoraram 5,7 por cento nos testes de função executiva, que incluem flexibilidade mental e autocorreção. A fluência verbal aumentou 2,4 por cento.

Antes e após seis meses de atividade aeróbica, o pico médio do fluxo sanguíneo dos participantes no cérebro foi medido por ultrassonografia. O fluxo sanguíneo aumentou de uma média de 51,3 centímetros por segundo para uma média de 52,7 cm/s, um aumento de 2,8 por cento.

O aumento do fluxo sanguíneo com a prática de exercício foi associado a uma série de melhorias modestas, mas significativas, em aspetos do pensamento que geralmente diminuem à medida que as pessoas envelhecem.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS