IDOSO

Seguir dieta mediterrânica diminui risco de fragilidade

Um estudo realizado por cientistas da Universidade College de Londres, no Reino Unido, descobriu que seguir a dieta mediterrânica pode reduzir o risco de fragilidade em indivíduos mais velhos.

Seguir dieta mediterrânica diminui risco de fragilidade

A meta-análise, publicada no Journal of the American Geriatrics Society, reviu dados de estudos científicos que examinaram as associações entre aderir a uma dieta mediterrânica e o desenvolvimento de fragilidade em adultos mais velhos; no total, quase 5 800 pessoas foram incluídas nos quatro estudos diferentes realizados na Espanha, Itália, França e China.

O estudo mostrou que as pessoas que mais seguiram uma dieta mediterrânica tiveram, em geral, menos da metade da probabilidade de se tornarem frágeis ao longo de quase quatro anos, em comparação com as pessoas que não consumiam uma dieta mediterrânica.

Com base nas descobertas, os cientistas afirmam que esta dieta ajuda os idosos a preservar a sua força muscular, a sua atividade, o peso e os seus níveis de energia.

Fonte: Food News

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS