VETERINÁRIA

Setor da saúde animal está a monitorizar COVID-19

A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica de Medicamentos Veterinários (APIFVET) garante que, em Portugal, até ao momento, não há informações sobre a rotura de medicamentos veterinários e adianta ainda que a Animal Health Europe (AHE), da qual é membro, está a monitorizar ativamente a situação do COVID-19 e os seus possíveis impactos na medicina veterinária.

Setor da saúde animal está a monitorizar COVID-19

Além disso, a entidade europeia reforçou em nota deixada no seu site que “a Organização Mundial para a Saúde Animal (OIE) confirma que a propagação atual do COVID-19 é resultado da transmissão de humano para humano” e ainda que “a Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (EFSA) também confirmou que atualmente não há evidências de que os alimentos sejam uma provável fonte ou via de transmissão do vírus”.

O coronavírus tem estado na ordem do dia e muitas são as dúvidas que têm surgido. Por isso, a AHE elaborou um espaço no seu site https://www.animalhealtheurope.eu/index.php?option=com_content&view=article&id=103 dedicado ao tema, reunindo uma lista de fontes com informações factuais sobre a doença, os seus impactos, rotas de transmissão, precauções tomadas pelas indústrias de saúde humana e animal e medidas a serem tomadas para conter sua disseminação.

Fonte: Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica de Medicamentos Veterinários (APIFVET)

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS