NUTRIÇÃO

Preparação para quarentena deve ser baseada em perfis nutricionais

De acordo com Kelsey Hutter, nutricionista no Allegheny Health Network Center for Diabetes and Endocrine Health, no Reino Unido, uma possível quarentena de duas semanas exige que as pessoas preparem com antecedência refeições nutritivas, focando-se nos principais grupos de alimentos.

Preparação para quarentena deve ser baseada em perfis nutricionais

Uma alimentação saudável requer frutas, vegetais, grãos integrais, proteínas e gorduras saudáveis, pelo que a nutricionista recomenda que as pessoas, quando forem às compras, adquiram frutas e legumes congelados para aumentar o prazo de validade, sem perder valor nutricional.

Cebolas e batatas podem durar entre três a cinco semanas, enquanto os legumes congelados podem durar até um ano. A maioria das frutas frescas não dura mais do que três a cinco dias, exceto as maçãs, que podem durar até um mês; mas, é necessário ter em atenção que, ao adquirir frutas enlatadas, se deve optar pelas que são preservadas em água em vez de xarope.

As proteínas animais, como carne e peixe, geralmente duram entre três a cinco dias no frigorifico, mas podem ser congeladas por períodos mais longos. Como alternativa, a nutricionista dá o exemplo dos enlatados, que podem durar entre dois a cinco anos, ou dos ovos que, no frigorifico, podem durar entre três a cinco semanas.

Gorduras saudáveis, ​​como nozes e sementes, também podem ser congeladas para prolongar a vida útil.

Fonte: TribLive

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS