CÉLULAS-ESTAMINAIS

Estudo afirma que não existem células-tronco de óvulos

Um estudo do Instituto Karolinska, na Suécia, publicado na revista Nature Communications afirma que não existem as chamadas células-tronco de óvulos.

Estudo afirma que não existem células-tronco de óvulos

 
Os cientistas recorreram à análise de célula única de mais de 24 mil células colhidas de ovários humanos de 21 pessoas. Foram também analisadas células da medula do ovário, dando origem a um mapa celular completo do ovário humano.
 
A questão sobre se as células-tronco de óvulos existem é bastante controversa, pois afeta o tema da infertilidade feminina e a possibilidade de tratamento. Estudos anteriores têm tido resultados contraditórios.
 
Nesta análise completa às células dos ovários humanos, os cientistas concluem que tais células-tronco não existem. As células que estudos anteriores têm identificado como células-tronco são, na verdade, as células perivasculares.
 
O mapa celular criado pela equipa revela que o ovário humano é maioritariamente composto por óvulos, células da granulosa, células imunitárias, células endoteliais, células perivasculares e células estromais.
 
Este estudo e mapa abrem caminho à produção de novos métodos que se foquem nas células que de facto existem no ovário para criação de ovários e óvulos artificiais em laboratório, afirma Pauliina Damdimopoulo, uma das autoras do estudo.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS