ALZHEIMER

Demência em Portugal vai mais do que duplicar em 2050

O número de pessoas com demência em Portugal em 2050 será mais do dobro do que atualmente, atingindo 3,82 por cento da população.

Demência em Portugal vai mais do que duplicar em 2050

 
Analisando os dados de Portugal, existe um ligeiro decréscimo da população portuguesa para o período 2018-2025, seguido de um decréscimo mais acentuado entre 2025 e 2050.
 
Apesar do decréscimo da população, o número de pessoas com demência irá mais do que duplicar: de 193 516 em 2018 (1,88 por cento da população) para 346 905 em 2050 (3,82 por cento da população), valores que ultrapassam a tendência europeia, segundo dados do relatório divulgado pela Alzheimer Europe a que a Lusa teve acesso.
 
Segundo o documento, “um fator determinante desta mudança será um aumento significativo do número de pessoas com mais de 70 anos e, em particular, a faixa das pessoas com mais de 85 anos, a qual mais do que duplicará entre 2018 e 2050”.

Para Rosário Zincke dos Reis, membro da direção nacional da Alzheimer Portugal, “estes dados são muito alarmantes não havendo tempo a perder na criação e implementação de políticas para as pessoas com demência e seus cuidadores”.
 
Combater a iliteracia e mudar a forma como as pessoas veem a demência tem sido a luta da Alzheimer Portugal, nomeadamente através da sua campanha Amigos na Demência, parte do Movimento Global Dementia Friends.

Fonte: Lusa

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS