DIAGNÓSTICO

Desenvolvido teste inovador para diagnósticar cancro do ovário

Um estudo publicado na revista Scientific Reports revela que investigadores da Universidade RMIT, na Austrália, desenvolveram uma análise ao sangue que mede a resposta imunitária contra o cancro do ovário, permitindo melhorar o diagnóstico da doença.

Desenvolvido teste inovador para diagnósticar cancro do ovário

O cancro do ovário é um dos cancros ginecológicos mais comuns e com uma das maiores taxas de mortalidade, com uma média de 60 por cento de mulheres mortas cinco anos após o diagnóstico.
 
Os cientistas descobriram, neste estudo, que o biomarcador de inflamação interleucina 6 (IL-6) presente no sangue permite distinguir se os tecidos nos ovários são cancerígenos ou não, sem necessidade de ressonâncias magnéticas ou ecografias.
 
Esta descoberta beneficia tanto as mulheres em populações desfavorecidas sem acesso a meios de diagnóstico caros como as ressonâncias magnéticas, como aquelas cujos quistos detetados são benignos, não tendo assim de se sujeitar a cirurgias desnecessárias.
 
Este teste deteta epiteliais do cancro do ovário no sangue e é tão preciso como a combinação de uma comum análise ao sangue com uma ecografia, afirmou Magdalena Plebanski, líder do estudo.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS