GENÉTICA

Fatores hereditários influenciam capacidade de queimar gordura

Um estudo realizado pela Universidade de Jyväskylä, na Finlândia, descobriu que gémeos idênticos usavam gorduras para produção de energia a uma taxa semelhante enquanto em repouso. Os gémeos assemelhavam-se ainda mais na sua capacidade máxima de utilização de gordura durante o exercício físico.

Fatores hereditários influenciam capacidade de queimar gordura

Um total de 23 pares de gémeos masculinos idênticos participou no estudo; em nove dos pares, os co-gémeos diferiram entre si na atividade física no lazer nos últimos três anos.

O estudo investigou a relação entre fatores hereditários e atividade física no lazer na queima de gordura em repouso e durante um teste de bicicleta ergométrica.

Os cientistas ficaram surpreendidos por não terem encontrado grandes diferenças na capacidade de utilização de gordura entre os co-gémeos que diferiam no seu nível de atividade física.

O estudo foi baseado no conhecimento de que a capacidade de usar gorduras varia muito entre os indivíduos. No entanto, apenas menos da metade da variação foi explicada anteriormente por diferenças no estilo de vida ou na composição corporal.

Pensa-se que os genes expliquem o restante da variabilidade, mas não existem evidências claras que o comprovem.

Além disso, o estudo constatou que o maior pico de capacidade de utilização de gordura durante o exercício estava associado a níveis mais baixos de insulina e glicose no sangue durante um teste oral de tolerância à glicose.

A associação observada também pode ser explicada por fatores hereditários, pois ambas as caraterísticas são influenciadas por vários dos mesmos genes.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS