TABACO

Uso de tabaco por atores em filmes aumenta consumo por jovens

Já se sabia da existência de uma relação causal entre as representações do tabagismo nos filmes e o início do tabagismo entre os jovens. Mas estaria a aumentar o tabagismo nos filmes vistos por jovens, e, principalmente crianças (os filmes classificados como PG-13, nos Estados Unidos).

Uso de tabaco por atores em filmes aumenta consumo por jovens

Num novo estudo publicado online na revista Morbidity and Mortality Weekly Report, do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, verificou-se que, de 2010 a 2018, os incidentes de tabaco nos filmes com maior bilheteira aumentaram 57 por cento, incluindo um aumento de 120 por cento nos classificados como PG-13.

Em 2018, os dramas biográficos foram responsáveis pela maioria dos incidentes de tabaco, incluindo 82 por cento dos filmes PG-13; 73 por cento dos personagens que usavam tabaco nesses dramas biográficos eram fictícios.

Embora o número total de filmes com incidentes com tabaco tenha permanecido estável entre 2010 e 2018, o número de incidentes com tabaco nesses filmes aumentou, incluindo um aumento de 120 por cento nos filmes PG-13.

Embora o número de filmes fictícios de PG-13 com incidentes de tabaco tenha diminuído substancialmente entre 2010 e 2018, o número de dramas biográficos de PG-13 com incidentes de tabaco triplicou aproximadamente.

O número total de filmes PG-13 em ambos os géneros com incidentes com tabaco aproximadamente dobrou desde 2010; aproximadamente 80 por cento de todos os incidentes de tabaco em 2018 ocorreram em dramas biográficos da PG-13.

São necessários esforços contínuos para reduzir a presença de tabaco nos filmes, particularmente nos dramas biográficos classificados como PG-13. Dar aos filmes com classificação de risco uma classificação R eliminaria as imagens de produtos de tabaco dos filmes classificados por jovens.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS