BIOMEDICINA

Cientistas criam novo biomaterial para regeneração óssea

Cientistas da Universidade Estadual de Campinas, no Brasil, desenvolveram um novo biomaterial que apresentou resultados promissores para futuras aplicações na regeneração de tecidos ósseos.

Cientistas criam novo biomaterial para regeneração óssea

O biomaterial é uma membrana de poliuretano produzida por rotofiação, uma técnica que produz as fibras por meio da aplicação da força centrífuga, um processo similar ao usado na produção de algodão-doce.

A nova membrana interage com as células envolvidas na formação dos ossos do corpo humano, os chamados osteoblastos.

O material é um tipo de rede muito fina, estruturada para permanecer temporariamente no corpo, dando suporte para o crescimento de novas células ósseas até a completa regeneração do tecido.

E o material em si vai sendo degradado ao longo do processo, até desaparecer completamente, deixando apenas o osso cicatrizado.

A equipa já realizou tanto as análises das propriedades morfológicas, térmicas e físico-químicas da nova membrana, quanto aquelas que determinaram o comportamento das células em contato com o biomaterial.

Para que a inovação chegue ao mercado e melhore a qualidade de vida de pacientes que sofreram perda ou dano ósseo, serão necessárias pesquisas adicionais, envolvendo testes em animais de laboratório e, a seguir, ensaios clínicos em humanos, disseram os autores do estudo.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS