GRIPE

CHUCB ativa plano de contingência para a gripe

O Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira (CHUCB) já ativou o plano de contingência que permite reforçar meios e equipas para tratar doentes com síndrome gripal.

CHUCB ativa plano de contingência para a gripe

 
Desde o dia 4 de novembro de 2019 foram realizados 318 exames laboratoriais, sendo que 60 deram positivo para gripe.
 
“Este ano, e até agora, o número é menor, o que pode significar que o pico da gripe ainda não está aí. Nós é que estamos já com alguma antecedência a precaver-nos para essa situação”, explicou o presidente daquela unidade de saúde, que abrange os concelhos da Covilhã, Fundão e Belmonte, no distrito de Castelo Branco.
 
O responsável adiantou ainda que, até agora, se registam cinco internamentos por gripe, com todos os doentes clinicamente estáveis e que os casos confirmados de gripe sazonal são principalmente do “tipo B”, havendo também algumas situações de “gripe A”.
 
A iniciativa levou já ao reforço da equipa da Urgência, designadamente com um médico do Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) da Cova da Beira.
 
O número de camas destinadas aos doentes com infeções respiratórias também aumentou e, no serviço de Urgência, os doentes com sintomas de gripe são separados dos restantes, de modo a evitar o contágio.
 
É de salientar a importância de os utentes recorrerem à Linha Saúde 24 ou aos centros de saúde, antes da deslocação ao hospital, o que reduz as possibilidades de contágio e propagação e evita o aumento dos tempos de espera.
 
Os médicos lembram também que as visitas constantes aos internados são um fator de risco para os próprios e para os doentes.

Fonte: Lusa

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS