GENÉTICA

Projeto vai realizar sequenciamento genómico dos brasileiros

Uma parceria entre a Universidade de São Paulo (USP) e a Dasa vai colocar o Brasil no mapa da genómica mundial. O projeto “ADN do Brasil”, liderado por Lygia da Veiga Pereira, tem por objetivo desvendar o ADN e criar um banco com dados genéticos da população brasileira.

Projeto vai realizar sequenciamento genómico dos brasileiros

Atualmente, menos de 0,5 por cento das pesquisas realizadas no mundo sobre ADN contemplaram a população brasileira. De acordo com Lygia Pereira, “o ADN do Brasil dá início a uma nova fase dos estudos nacionais e globais sobre genómica. Vamos gerar informações sobre características genéticas que podem impactar diretamente na saúde da população”.

O estudo usará como plataforma de computação uma nuvem Google Cloud. A Dasa realizará o sequenciamento das amostras no Nova Seq, equipamento que sequencia o genoma humano em até 24 horas, disponível no seu Centro de Diagnóstico em Genómica.

O projeto conta, ainda, com o apoio da Illumina, que fornecerá os insumos utilizados no sequenciamento das amostras. A Google Cloud, por sua vez, processará os dados de sequenciamento para a sua nuvem, permitindo análises e cruzamento de dados em escala por meio de ferramentas de analytics e machine learning.

Além disso, o seu uso diminuirá o custo de processamento necessário para o projeto “ADN do Brasil” em 90 por cento, quando comparado ao uso de infraestrutura própria de data center (on-premise).

O “ADN do Brasil” terá início com o sequenciamento do genoma de 15 mil brasileiros de diversas regiões do país, que têm idades entre 35 e 74 anos, os quais participaram no Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (ELSA Brasil), a maior pesquisa epidemiológica do país.

O grupo tem sido acompanhado clinicamente desde 2008 e agora as informações genéticas serão agregadas a esse banco de dados.

Para os cientistas, o projeto “ADN do Brasil” vai contribuir para identificar doenças que precisam de mais atenção e melhorar a saúde da população.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS