MENOPAUSA

Menopausa precoce afeta saúde cardiovascular

A menopausa antes dos 50 anos de idade coloca as mulheres em risco aumentado de desenvolver doenças cardíacas não fatais, e quanto mais cedo ocorre a menopausa, maior o risco, sugerem novas pesquisas.

Menopausa precoce afeta saúde cardiovascular

Um novo estudo publicado na revista The Lancet: Public Health analisou dados de mais de 300 mil mulheres que fizeram parte de 15 estudos em todo o mundo e descobriram que mulheres que atingiram a menopausa antes dos 50 anos tinham maior probabilidade de ter um problema cardíaco não fatal, como um ataque cardíaco, angina ou acidente vascular cerebral.

No estudo, as mulheres com menos de 40 anos que tiveram menopausa prematura registaram quase duas vezes mais probabilidade de ter um evento cardiovascular não fatal antes dos 60 anos. Isso foi comparado a mulheres que atingem a menopausa entre 50 ou 51 anos, durante o período considerado de desenvolvimento padrão.

Estudos anteriores mostraram uma ligação entre a menopausa precoce e problemas cardíacos fatais, explicaram os autores do estudo.

A relação com eventos cardiovasculares não fatais não era clara até agora. Fumar, estar acima do peso ou ser obeso e ter níveis mais baixos de educação também podem fortalecer o vínculo entre a menopausa precoce e o risco de doenças cardiovasculares das mulheres.

Os resultados têm implicações clínicas e de saúde pública significativas. Identificar mulheres com menopausa precoce oferece uma janela de oportunidade para os seus médicos trabalharem para monitorizar e gerir ativamente os fatores de risco de doenças cardiovasculares. O diagnóstico clínico precoce ajudará a melhorar a saúde cardiovascular geral nos anos pós-menopáusicos, afirmaram os autores do estudo.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS