PROBIÓTICOS

Probióticos podem ajudar no tratamento de cólicas infantis

Um estudo publicado na revista Alimentary Pharmacology & Therapeutics demonstrou que gotas que continham uma cepa probiótica específica (Bifidobacterium animalis subsp. Lactis BB-12) reduziram a duração do choro diário em mais de 50 por cento, em 80 por cento dos casos.

Probióticos podem ajudar no tratamento de cólicas infantis

Os lactentes que receberam o probiótico uma vez ao dia por 28 dias, tiveram efeitos benéficos na duração e frequência do sono e na consistência das fezes.

A cólica infantil é um distúrbio gastrointestinal muito comum que afeta até 25 por cento dos bebés nos primeiros três meses de vida e, embora seja uma condição benigna, é fonte de grande sofrimento para as crianças e para as famílias, estando associada à depressão pós-parto materna, interrupção precoce do aleitamento materno, culpa e frustração dos pais, entre outros.

O efeito observado no estudo foi associado a uma modulação positiva do microbioma intestinal, com aumento da produção bacteriana de butirato, um ácido graxo de cadeia curta que é capaz de regular positivamente o tempo de trânsito intestinal, a perceção da dor, o eixo intestinal e a inflamação.

O estudo foi realizado pela Universidade de Nápoles, em Itália.


OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS