ALIMENTAÇÃO

Jejum intermitente pode não ser adequado para todas as pessoas

Apesar de ser considerado uma dieta, na realidade, o jejum intermitente não o é, uma vez que não existe uma lista de itens alimentares que não podem ser consumidos; pelo contrário, é um padrão alimentar em que uma pessoa alterna entre períodos de comer e jejuar.

Jejum intermitente pode não ser adequado para todas as pessoas

As formas mais comuns de jejum intermitente, geralmente, envolvem um jejum de 16 ou de 24 horas, duas vezes por semana.

Um dos métodos mais populares é o método 16/8, onde as pessoas não devem consumir o pequeno-almoço e devem seguir um período de alimentação de, no máximo, oito horas (por exemplo, das 12 às 20 horas).

No método 5:2, as pessoas escolhem dois dias não consecutivos da semana e restringem o consumo de calorias durante esse período; algo parecido com o jejum de 24 horas, onde durante esse período as pessoas não se podem alimentar.

É importante referir que o jejum intermitente não deve ser seguido por todas as pessoas, nomeadamente indivíduos com baixo peso ou indivíduos que tenham sofrido um distúrbio alimentar; pessoas que tomem medicação ou que tenham diabetes também devem ser desencorajadas a seguir este padrão alimentar.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS