EXERCÍCIO

Dieta e exercício retardam comprometimento cognitivo

Cientistas internacionais examinaram duas maneiras possíveis de retardar o desenvolvimento do comprometimento cognitivo sem demência em pessoas mais velhas.

Dieta e exercício retardam comprometimento cognitivo

Publicado no Journal of the American Geriatrics Society, o estudo teve como objetivo examinar os efeitos do exercício aeróbico e da dieta DASH sobre o funcionamento cognitivo de idosos com comprometimento cognitivo.

Os cientistas examinaram 160 adultos, com 55 anos ou mais de idade, que não se exercitavam e que tinham problemas de memória, dificuldade a pensar e tomar decisões.

Os participantes fizeram vários testes para medir os fatores de risco para doenças cardiovasculares e a capacidade cognitiva; os hábitos alimentares e a capacidade de os participantes realizarem atividades diárias também foram medidos.

Os participantes foram aleatoriamente designados para um de quatro grupos: um grupo que fazia exercícios aeróbicos, um grupo que seguiu a dieta DASH, um grupo que fazia exercícios aeróbicos e seguia a dieta DASH combinada e um grupo que apenas recebeu dicas de saúde.

Os resultados do estudo mostraram que o exercício melhorou a capacidade dos participantes de pensar, lembrar e tomar decisões em comparação com aqueles que não se exercitaram, e que a combinação de exercícios com a dieta DASH melhorou a capacidade de pensar, lembrar e tomar decisões, em comparação com pessoas que não se exercitaram ou seguiram a dieta.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS