TABACO

Cigarro eletrónico e tabaco aquecido têm tóxicos prejudiciais

O cigarro eletrónico e o tabaco aquecido possuem tóxicos que não existem nos cigarros tradicionais, com riscos acrescidos para a saúde humana.

Cigarro eletrónico e tabaco aquecido têm tóxicos prejudiciais

“Quer nos cigarros eletrónicos, quer no tabaco aquecido, existem outros tóxicos que não existem no cigarro tradicional e que têm riscos acrescidos para a saúde humana, incluindo o risco de desenvolver cancro”, referiu Sofia Ravara, pneumologista e professora de Medicina Preventiva.

Em declarações à margem do 35.º Congresso de Pneumologia, que encerrou este sábado em Albufeira, a especialista sublinhou que, mesmo tendo menos tóxicos do que os tradicionais, “os cigarros eletrónicos têm outro tipo de tóxicos que os cigarros não têm”, nomeadamente, metais pesados.

“[Os consumidores] estão a inalar partículas de metal da própria peça metálica pela qual é constituído o cigarro eletrónico”, argumentou.

No caso do tabaco aquecido, pelo facto de ter um filtro de plástico e não um filtro de papel como o cigarro tradicional, é libertada “uma substância altamente tóxica”, que pode causar danos no fígado e, até, “resultar em novas doenças”.

Na sessão, Pedro Vaz, engenheiro químico da Fundação Champalimaud, apresentou uma extensa lista de componentes que constituem o tabaco aquecido e o cigarro eletrónico, apesar de as embalagens dizerem que têm apenas “meia dúzia”.

“A maior parte deles [dos componentes] não estão identificados. Ninguém sabe o que lá está”, referiu o investigador da Unidade do Pulmão da fundação ligada às áreas médica e científica.

Na sessão, participou ainda o psiquiatra Pedro Varandas, vice-presidente da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental, que falou sobre o fenómeno da adição e da maior vulnerabilidade que algumas pessoas apresentam face às substâncias aditivas.

O 35.º Congresso de Pneumologia, organizado pela Sociedade Portuguesa de Pneumologia, terminou este sábado no centro de congressos de uma unidade hoteleira em Albufeira.

Fonte: JN

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS