OBESIDADE

Suplementos de cardamomo verde podem proteger o fígado

Uma nova pesquisa publicada na revista BMC Complementary and Alternative Medicine sugere que pessoas com doença hepática gordurosa não alcoólica podem beneficiar do uso de suplementos de cardamomo verde, um tempero popular usado em pratos doces e salgados, que provém de sementes e vagens de diferentes plantas que pertencem à família do gengibre.

Suplementos de cardamomo verde podem proteger o fígado

Cientistas iranianos analisaram o potencial desta especiaria para melhorar os biomarcadores da doença hepática gordurosa não alcoólica em pacientes com sobrepeso ou obesidade.

A equipa de pesquisa investigou os efeitos do cardamomo verde nos índices séricos de glicose, lípidos e nível de irisina, recrutando 87 participantes que foram divididos aleatoriamente em dois grupos: um grupo de tratamento com cardamomo verde e um grupo com placebo.

Os participantes do grupo de tratamento receberam 500 mg de cardamomo verde com refeições três vezes ao dia durante três meses.

Os cientistas também mediram os níveis de açúcar no sangue em jejum, insulina, colesterol total, triglicerídeos, colesterol LDL e colesterol HDL dos participantes.

Os resultados mostraram que os participantes do grupo de tratamento experimentaram aumentos significativos na irisina, colesterol HDL e sensibilidade à insulina.

Por outro lado, registaram níveis mais baixos de açúcar no sangue em jejum, triglicerídeos, colesterol LDL, resistência à insulina e grau de fígado gorduroso.

Com base nestas descobertas, os cientistas concluíram que o cardamomo verde pode ser um complemento benéfico para pessoas com sobrepeso ou obesidade com doença hepática gordurosa não alcoólica.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS