DIABETES

Diabéticos e cardíacos que dormem pouco têm maior risco de morte

Adultos de meia idade com pressão alta, diabetes tipo 2 ou doenças cardiovasculares podem estar em maior risco de desenvolver cancro, ou de morrer precocemente, se dormirem menos de seis horas por dia, de acordo com uma pesquisa publicada no Journal of the American Heart Association.

Diabéticos e cardíacos que dormem pouco têm maior risco de morte

O estudo sugere que atingir níveis “normais” de sono pode proteger algumas pessoas com essas condições, disseram os cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

Os cientistas analisaram dados de mais de 1 600 adultos, com idades entre os 20 e os 74 anos, que foram seguidos entre 1991 e 1998, em clínicas especializadas em problemas de sono.

Depois, os participantes, mais da metade eram mulheres, foram acompanhados até ao final de 2016.

Apesar dos resultados, os cientistas acreditam que mais pesquisas são necessárias para examinar se melhorar e aumentar a duração de sono através de terapias médicas ou comportamentais pode reduzir o risco de morte precoce.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS