DEPRESSÃO

Sintomas depressivos maternos afetam bem-estar emocional da criança

De acordo com pesquisas recentes, até mesmo sintomas depressivos leves maternos podem, a longo prazo, estar relacionados a problemas emocionais em crianças pequenas, como hiperatividade, agressividade e ansiedade.

Sintomas depressivos maternos afetam bem-estar emocional da criança

O estudo investigou de que forma os sintomas depressivos de ambos os pais afetaram a criança aos dois e aos cinco anos de idade; os resultados mostraram que os sintomas depressivos do pai afetavam emocionalmente a criança apenas se a mãe também estivesse deprimida.

Os sintomas da mãe, no entanto, afetavam a criança, mesmo que o pai não estivesse deprimido.

Desta forma, os cientistas concluíram que a depressão entre os pais durante e após a gravidez não afeta apenas a pessoa que sofre de depressão, mas também tem um impacto a longo prazo no bem-estar do recém-nascido.

Mesmo nos casos de depressão leve, segundo os investigadores, é importante que os sintomas sejam identificados e que os pais recebam apoio o mais cedo possível, se necessário, já durante a gravidez.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS