NEUROCIÊNCIAS

Pintar com os pés: cérebro mapeia-os como mãos

Um artigo publicado na revista Cell Reports revela que investigadores da Universidade de Londres, no Reino Unido, observaram, pela primeira vez, em pessoas que pintam com os pés, que a atividade dos seus dedos inferiores era mapeada pelo cérebro como dedos das mãos.

Pintar com os pés: cérebro mapeia-os como mãos

 
Os dedos das mãos estão representados no cérebro, cada um na sua secção. Para os dedos dos pés não existe distinção entre zonas do cérebro, explicou Daan Wesselink, principal autor do estudo.
 
No entanto, nos primatas, que usam também os dedos dos pés para trepar e agarrar, todos os dedos estão especificamente representados no cérebro.
 
Para o estudo, os cientistas recrutaram dois pintores profissionais com os pés no Reino Unido, que também usam esses membros nas atividades do dia-a-dia, e 21 pessoas com as duas mãos, como grupo de controlo.
 
Durante o exame de ressonância magnética funcional, foi analisado o córtex somatossensorial enquanto os investigadores tocavam nos dedos dos pés dos participantes.
 
Foi observado que, no caso dos pintores, certas áreas do cérebro reagiam ao toque nos dedos, assim como havia mapas definidos de cada dedo do pé destro, mas não tanto do pé de apoio. Os controlos não possuíam tal mapa.
 
Outras análises demonstraram que os pés dos pintores estavam representados no cérebro como uma mão, mas não os do grupo de controlo.
 
Verificou-se ainda que os dedos dos pés dos pintores estavam adicionalmente representados numa parte do cérebro onde deveriam estar as mãos que não possuem.
 
Este estudo vem apoiar a ideia de que a zona de controlo das mãos no cérebro é usada para apoiar outras partes do corpo, como lábios ou pés de pessoas que nascem sem mãos.

Fonte: Sceince News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS