ALIMENTAÇÃO

Especiarias reduzem crescimento microbiano

Num estudo publicado na revista Food Science and Human Wellness, cientistas da Universidade Henan, na China, descobriram que duas especiarias comummente utilizadas podem ser usadas para preservar a carne de frango crua.

Especiarias reduzem crescimento microbiano

Os cientistas descobriram que o cravinho e o alecrim não apenas impedem o crescimento microbiano, mas também possuem uma alta atividade antioxidante, o que os torna conservantes naturais de alimentos.

Para avaliar o potencial antimicrobiano de ambas as especiarias, os cientistas testaram extratos de alecrim e de cravinho em vários patógenos de carne e bactérias causadoras de deterioração; as contagens microbianas foram anotadas a cada três dias por um período de 15 dias.

O tratamento com os extratos combinados de cravinho e alecrim resultou em contagens bacterianas mais baixas do que o tratamento com o hidroxitolueno butilado, um conservante artificial de alimentos.

Em termos de cor e avaliação sensorial, a carne de frango crua tratada com especiarias recebeu altas notas sensoriais de um painel de sete juízes com experiência na avaliação de carne de frango.

Com base nestes resultados, os cientistas concluíram que o cravinho e o alecrim são altamente eficazes contra o crescimento microbiano e a oxidação lipídica; como tal, essas especiarias podem ser usadas como conservantes naturais para carne de frango crua.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS