CARDIOVASCULAR

Chocolate negro pode reduzir risco de doenças cardiovasculares

Comer chocolate negro pode ser benéfico para a saúde cardiovascular, de acordo com um estudo realizado em parceria entre o Instituto Politécnico de Coimbra, em Portugal, e a Universidade de Gotemburgo, na Suécia.

Chocolate negro pode reduzir risco de doenças cardiovasculares

Publicado na revista Nutrition, o estudo revelou que apenas alguns quadrados de chocolate negro podem melhorar bastante a pressão arterial e reduzir o risco de doença cardiovascular.

O estudo envolveu 30 participantes saudáveis, ​​com idades entre os 18 e os 27 anos, que foram divididos em dois grupos: um grupo comeu 20 gramas de chocolate com 90 por cento de cacau, enquanto o outro comeu 20 gramas de chocolate com 55 por cento de cacau.

A pressão arterial dos participantes foi medida no início e após 30 dias, durante a conclusão do estudo.

Os cientistas descobriram que, enquanto comer chocolate melhorou a pressão arterial, aqueles que comeram chocolate com maior teor de cacau tiveram resultados mais significativos.

Após um mês, os participantes que consumiram chocolate com 90 por cento de cacau apresentaram uma redução média de 3,5 mmHg e 2,3 mmHg de pressão arterial sistólica e diastólica, respetivamente.

Em comparação, aqueles no grupo de baixo teor de cacau tiveram uma redução média de 2,4 e 1,7 mmHg, respetivamente.

A equipa concluiu que comer pequenas quantidades de chocolate negro pode beneficiar o sistema cardiovascular de uma pessoa, independentemente da idade.

No entanto, os cientistas alertam que, embora os resultados forneçam uma correlação positiva entre o chocolate e os biomarcadores cardiovasculares, a forma como isso afeta outros fatores num estilo de vida saudável é um aspeto que merece mais pesquisas.

Fonte: Food News

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS