ALIMENTAÇÃO

Mudanças no regime alimentar para salvar áreas tropicais

Um quarto da área tropical mundial pode desaparecer até o final do século, a menos que o consumo de carne e laticínios diminua, alertaram cientistas, que afirmam que, se a demanda global por produtos de origem animal continuar a crescer, grandes extensões de terras naturais desaparecerão, levando a uma perda generalizada de espécies e dos seus habitats.

Mudanças no regime alimentar para salvar áreas tropicais

Realizado pela Universidade de Edimburgo, na Escócia, o estudo analisou o impacto das tendências de consumo nas regiões biodiversas - áreas que possuem uma riqueza de mamíferos, aves, anfíbios e plantas - e descobriu que os rápidos aumentos na produção de carne e leite resultam em fortes aumentos no desmatamento de regiões tropicais que abrigam altos níveis de biodiversidade.

A produção de carne e laticínios está associada a um maior uso da terra e da água e maiores emissões de gases do efeito estufa do que quaisquer outros alimentos.

Ao substituir os produtos de origem animal por alternativas baseadas em plantas, prevê-se que a demanda global por terras agrícolas possa ser reduzida em 11 por cento.

Os cientistas também descobriram que os sistemas de alimentação industrial reduzem a expansão agrícola, mas podem aumentar a degradação ambiental devido a poluentes agrícolas, como fertilizantes.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS