ALZHEIMER

Exercício regular pode diminuir declínio cognitivo

O exercício moderado não só é bom para a memória, mas também parece ajudar a prevenir o desenvolvimento de sinais físicos da doença de Alzheimer, conhecidos como biomarcadores, naqueles que estão em risco para a doença, segundo uma nova investigação.

Exercício regular pode diminuir declínio cognitivo

A pesquisa, realizada pela Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos, mostrou que, numa população de meia idade em risco para a doença de Alzheimer, indivíduos fisicamente ativos experimentaram menos alterações relacionadas com a idade em biomarcadores associados à doença, bem como memória e funcionamento cognitivo.

O estudo analisou mais de 300 participantes, com idades entre os 40 e os 65 anos.

Fonte: Eurekalert

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS