INFANTIL

Pais precisam de orientação sobre necessidades nutricionais infantis

Um inquérito feito no Reino Unido concluiu que os pais não têm conhecimentos básicos sobre o que os seus filhos deveriam comer; os progenitores admitem que precisam de mais orientações sobre as necessidades nutricionais dos seus filhos.

Pais precisam de orientação sobre necessidades nutricionais infantis

Dois terços dos inquiridos admitiram não saber quais os nutrientes, vitaminas e minerais que devem fazer parte de uma dieta alimentar infantil. Sete em cada dez pais sabem que os jovens devem consumir cinco porções de fruta e vegetais por dia, mas 29 por cento admitem que não sabem o porquê.

O Departamento de Saúde britânico recomenda que todas as crianças entre os seis meses e os cinco anos devem receber suplementos vitamínicos que contenham vitaminas A, C e D, todos os dias; contudo, mais de 43 por cento dos pais não tinham conhecimento desta recomendação, sendo que muitos deles nem sabiam quais são as vitaminas aconselhadas para crianças.

Apenas quatro em cada dez foram capazes de identificar a vitamina C como algo que ajuda na absorção de ferro e que apoia o sistema imunitário; e só um décimo dos entrevistados foi capaz de nomear a dose diária recomendada de vitamina D, que é de apenas dez microgramas.

Ainda assim, 66 por cento dos pais afirmaram estar “bem informados” sobre vitaminas e minerais; 15 por cento consideraram estar “muito bem informados”.

O estudo também descobriu que um quarto dos pais britânicos se preocupa com os níveis nutricionais dos seus filhos; 56 por cento dos pais forneciam, pelo menos, um suplemento vitamínico aos seus filhos. No grupo dos que não o fazem, dez por cento temem que os suplementos contenham muito açúcar.

Realizado pela Boots Kids Vitamins, o inquérito contou com a participação de dois mil pais com filhos com idades entre os quatro e os 16 anos.

Fonte: Express

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS