PEDIATRIA

Terapia da fala para crianças com resultados muito positivos

O programa de terapia da fala, disponibilizado gratuitamente no concelho de Condeixa-a-Nova, no ano letivo 2018/2019, surtiu “resultados muito positivos”.

Terapia da fala para crianças com resultados muito positivos

 
A Câmara de Condeixa-a-Nova salientou que, “no último ano letivo”, o serviço de terapia da fala, destinado a crianças dos jardins-de-infância e das escolas básicas do primeiro ciclo do município, “acompanhou 75 crianças com resultados muito positivos”.
 
Constituído por uma equipa multidisciplinar, o serviço “tem em vista a prevenção, a avaliação, o diagnóstico e posterior intervenção/acompanhamento de crianças com dificuldades ao nível da comunicação, da linguagem oral e escrita, da fala, da motricidade orofacial, entre outras”, referiu a autarquia.
 
O projeto, em execução desde 2016, é cofinanciado por fundos europeus, através do Centro 2020 (Programa Operacional Regional do Centro) e do Fundo Social Europeu, no âmbito do projeto Realiza.te, da Comunidade Intermunicipal (CIM) Região de Coimbra.
 
A Câmara de Condeixa, destacou que, “após intervenção, cerca de 20 por cento dos alunos alcançaram todos os objetivos estabelecidos, tendo alta terapêutica”.
 
As restantes crianças, embora tenham registado “melhorias significativas, continuarão a beneficiar destas sessões no próximo ano letivo, até atingirem os objetivos inicialmente propostos”, acrescentou.
 
“Esta é uma das medidas que faz parte da nossa política educativa”, realçou Nuno Moita da Costa, presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.
 
O município também oferece “material escolar aos alunos do primeiro ciclo” e o “ensino de inglês no pré-escolar”, além de transportes e refeições escolares, recordou o autarca, sustentando que estas medidas pretendem, “no seu conjunto”, contribuir para “uma escola pública de excelência, criando mais e melhores condições para a igualdade de acesso à educação”.
 
A diretora do agrupamento de escolas de Condeixa, Anabela Lemos, citada pela Câmara, destacou, por seu lado, que a existência de sessões de terapia da fala “é muito importante para prevenir dificuldades ao nível da leitura e da escrita, promovendo competências transversais às várias disciplinas, garantindo, desta forma, o sucesso académico e social dos alunos”.
 
De certo modo, concluiu a docente, este programa “colmatou uma necessidade sentida pelos educadores e professores, abrangendo os alunos do ensino pré-escolar até ao primeiro ciclo”.

Fonte: Lusa

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS