HEPATITE

Quase 14 mil doentes com hepatite C curados em quatro anos

Mais de 25 mil doentes iniciaram tratamentos para a hepatite Cem Portugal nos últimos quatro anos e perto de 14 mil doentes estão curados, revela o Relatório do Programa Nacional para as Hepatites Virais da Direção-Geral da Saúde.

Quase 14 mil doentes com hepatite C curados em quatro anos

 
Desde 2015, ano em que foi iniciado o tratamento desta doença com antivirais de ação direta a todos os doentes, foram autorizados, até 30 de junho, 24 934 tratamentos, dos quais 23 111 já foram iniciados e 18 751 finalizados.
 
Dados do Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento atualizados até 25 de julho indicam que foram registados 25 089 tratamentos e iniciados 23 181. Dos doentes que concluíram o tratamento, 13 895 estão curados e 507 não curados.
 
“O tratamento da hepatite C com antivirais de ação direta tem sido disponibilizado a todas as pessoas infetadas por vírus da hepatite C elegíveis nos termos da Norma de Orientação Clínica, com taxas de cura superiores a 96 por cento”, sublinha o relatório, adiantando que o valor cumulativo até 30 de junho dos tratamentos não iniciados é de 1 823.
 
Este número de tratamentos autorizados e não iniciados poderá ser justificado, na sua grande maioria (cerca de 80 por cento), por situações de tratamentos autorizados e iniciados, e, nalguns casos, mesmo concluídos, que ainda não foram atualizados no Portal da Hepatite C do Infarmed.
 
Em declarações à agência Lusa, a diretora do Programa Nacional para as Hepatites Virais, Isabel Aldir, assinalou os ganhos alcançados no combate a esta doença, afirmando que Portugal continua numa “situação muito boa”.
 
“Temos mais de 25 mil pessoas em tratamento e os resultados do tratamento têm sido assinaláveis: 96 por cento das pessoas que fazem o tratamento ficam curadas e é um tratamento muito simples, de uma duração muito curta”, afirmou Isabel Aldir.
 
De acordo com Isabel Aldir, não haverá muitos doentes por identificar: “mais de 25 mil já estão em tratamento e um número ainda maior já está identificado e num processo” de o iniciar agora.

Fonte: Lusa

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS