DROGA

Maior risco de mortalidade por drogas e álcool após cirurgia bariátrica

A mortalidade relacionada com o consumo de drogas e álcool é significativamente maior do que a esperada nos sete anos após a cirurgia bariátrica, de acordo com um estudo publicado na revista Surgery for Obesity and Related Diseases.

Maior risco de mortalidade por drogas e álcool após cirurgia bariátrica

Investigadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, compararam taxas de mortalidade relacionadas a drogas e álcool entre 2 458 adultos submetidos à cirurgia bariátrica em dez hospitais dos Estados Unidos durante abril de 2006 e abril de 2009, em relação à população geral norte-americana.

Os pesquisadores identificaram dez mortes relacionadas com o uso de drogas ou álcool (seis overdoses acidentais, uma overdose intencional, uma overdose com intenção desconhecida, e duas de doença hepática alcoólica) com base em até sete anos de acompanhamento entre 1 770 participantes submetidos a by-pass gástrico em Y de Roux.

Em média, os óbitos ocorreram cerca de cinco anos após a cirurgia. Houve uma taxa de mortalidade significativamente maior para todas as causas relacionadas com o consumo de drogas e álcool em geral e entre os participantes submetidos ao by-pass gástrico.

De acordo com os autores, esta é uma questão importante a ser reconhecida em todos os pacientes de cirurgia bariátrica, pois há um sinal claro de risco para mortes relacionadas com o uso de substâncias psicotrópicas.

Fonte: Boa Saúde/Bibliomed

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS