STRESS

Stress no trabalho e burnout associados a aumento de peso

Trabalhadores com cargas de trabalho mais pesadas ou que apresentam maiores cargas de stress (burnout) são mais propensos a comer e exercitarem-se menos, revela um estudo publicado no Journal of Health Psychology.

Stress no trabalho e burnout associados a aumento de peso

Investigadores da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, e os seus colegas avaliaram a associação entre a carga de trabalho e a exaustão e os principais comportamentos de saúde para perda de peso, incluindo nutrição e atividade física, entre 953 trabalhadores adultos.

Os cientistas descobriram que a carga de trabalho e a exaustão estavam positivamente associadas à alimentação emocional, à alimentação descontrolada e à percentagem de calorias provenientes de gorduras. Além disso, a exaustão foi negativamente associada aos níveis de atividade física.

Os resultados deste estudo fornecem evidências da existência de uma relação entre a carga de trabalho, burnout os comportamentos de saúde críticos para a perda de peso.

Os programas de perda de peso no local de trabalho e os programas de controlo de peso oferecidos aos adultos que trabalham devem incorporar formas de avaliar a carga de trabalho e a exaustão e abordar a alta carga de trabalho ou a exaustão por meio da terapia comportamental, consideram os autores.

Estudos adicionais são necessários para desenvolver estratégias que minimizem os efeitos da carga de trabalho e exaustão sobre os comportamentos alimentares e atividade física.

Fonte: Boa Saúde/Bibliomed

TEMAS

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS