AMBIENTE

Eurocidade Chaves-Verín quer ser destino bio-saudável

A eurocidade Chaves-Verin quer transformar estes municípios de Portugal e Espanha num destino “bio-saudável”, aliando o termalismo à atividade física e à alimentação, anunciou a organização.

Eurocidade Chaves-Verín quer ser destino bio-saudável

O projeto “Chaves-Verín-Vidago, destino bio-saudável” foi apresentado nas termas de Chaves e está inserido na candidatura Eurocidade-2020, aprovado pelo programa Interreg de cooperação territorial, e tem como objetivo atualizar e modernizar o termalismo tradicional, incorporando conceitos de alimentação saudável e atividade física.

Nuno Vaz, presidente da eurocidade e da Câmara de Chaves, afirmou que se pretende “criar uma resposta integrada” e promover o termalismo, atraindo cada vez mais pessoas à região.

Essa resposta integrada agrega as termas, os tratamentos e as atividades de lazer e relaxamento, bem como as rotas termais já criadas entre os dois municípios e os percursos pedestres.

E agora, frisou o presidente, pretende-se juntar os restaurantes e hotelaria para que disponibilizem aos seus clientes ementas com pratos saudáveis e adequados.

O projeto contempla a realização de várias ações, como a edição de um guia bio-saudável e vários materiais promocionais, cujos conteúdos serão redigidos por especialistas em hidrologia médica, dietética e desporto.

Já se realizou um workshop prático para a atualização de conhecimentos sobre substâncias que podem provocar alergias e que devem estar descritas nas ementas dos restaurantes.

“Queremos que os nossos restaurantes, aqueles que são também atores deste território, possam contribuir para que sejamos reconhecidos como um destino saudável”, referiu. O autarca adiantou ainda que vai ser atribuído um prémio à ementa mais saudável.

Os dois municípios, que estão unidos desde 2007 no Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) como eurocidade Chaves-Verín, já partilham um cartão de cidadão que dá acesso a piscinas, bibliotecas, eventos, formações e concursos, bem como uma sede, uma agenda cultural, instalações desportivas e recreativas e atividades conjuntas.

Fonte: Fonte: Lusa

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS