OBESIDADE

Ambiente e genes podem explicar aumento do peso corporal

Algumas pessoas são mais propensas a engordar do que outras por causa dos seus genes; no entanto, a diferença genética não explica o aumento significativo no peso corporal desde a década de 1960, uma vez que afetou pessoas com, e sem, genes pró-obesidade.

Ambiente e genes podem explicar aumento do peso corporal

A explicação mais provável é que o aumento da obesidade decorre de interações entre genes e outros fatores, como dieta, estilo de vida e atividade física, cujos padrões mudaram para um ambiente mais pró-obesidade.

Estas foram as conclusões a que investigadores noruegueses chegaram depois de conduzir um estudo que abrangeu mais de quatro décadas de dados de mais de 100 mil pessoas.

Publicado na revista BMJ, o estudo alerta que os ambientes que cada vez mais favorecem a obesidade contribuem mais para a epidemia da obesidade do que os fatores genéticos; esses fatores podem ajudar a explicar o porquê de os níveis de obesidade mundial terem triplicado nas últimas quatro décadas.

O estudo utilizou dados de 118 959 pessoas, cujas idades variaram entre 13 a 80 anos; os participantes foram seguidos entre 1963 e 2008.

Os resultados mostraram um aumento distinto no IMC ao longo da década anterior a meados da década de 1990. Além disso, indivíduos nascidos a partir de 1970 pareciam desenvolver IMC mais altos no início da idade adulta do que os seus pares mais velhos.

Os investigadores classificaram os participantes em cinco grupos iguais por predisposição genética à obesidade e descobriram, para cada década, uma diferença significativa no IMC entre aqueles com maior e aqueles com menor predisposição genética.

Além disso, a diferença de IMC entre aqueles com mais e aqueles com menor predisposição genética aumentou gradualmente ao longo das cinco décadas entre as décadas de 1960 e 2000.

Os resultados destacam a necessidade de investigações se concentrarem mais em mudanças, sejam elas ambientais ou genéticas, do que na média do IMC para compreender a epidemia de obesidade.

Fonte: Fonte: Medical News Today

OUTRAS NOTÍCIAS RELACIONADAS


ÚLTIMAS NOTÍCIAS